O PAÍS QUE QUEREMOS

 

por: Eloisa de Paula

 

O Brasil passa por uma fase de transformação, que pode ou não se transformar em um momento catártico, dependendo de como serão conduzidos os processos de agora em diante.

Além das transformações políticas, que têm direcionado o país para uma crise moral e de incertezas, houve juntamente com todos os acontecimentos um evento de conscientização política por parte do cidadão médio.

O que se configura como cidadão médio? O indivíduo que trabalha oito horas por dia, sete dias por semana, paga suas contas, tem ou não uma família, tem ou não uma vida acadêmica, e que nos fins de semana dedica seu tempo livre ao lazer e ócio.

Esse cidadão que outrora diria odiar política e não saberia dizer de modo algum quem foi o deputado ou senador que votou na última eleição, atualmente sabe inclusive o que um deputado ou senador faz. Com as crises e todos os eventos, desde o Impeachment de nossa ex-presidente Dilma Rousseff, no dia 31 de agosto de 2016, o Brasil conheceu seus deputados e senadores, mais do que em qualquer período eleitoral.

Com essa conscientização da importância do trabalho de um deputado e de um senador no poder legislativo, o brasileiro passou a falar em política e a se envolver mais em assuntos políticos.

Para se fazer o Brasil que é tão ansiado pelos seus cidadãos, é primordial saber escolher quem serão os administradores dessa pátria. É de extrema importância compreender que em uma eleição se elegem os representantes do povo, dos interesses e das necessidades do povo. Para isso, é preciso fazer um diagnóstico de quais representantes atualmente eleitos estão realmente trabalhando em prol do país que os elegeu.

O Brasil é uma entidade como qualquer outra, e como tal, para ter sucesso precisa ser bem administrada.Nenhuma empresa aceita que se trabalhe contra seu sucesso, e assim como nas organizações, é preciso saber escolher melhor seus administradores, e livrar essa continental corporação dos péssimos funcionários. Colocar somente os inovadores, os vanguardistas, os visionários e corajosos. Construir realmente uma nação de sucesso, sucesso esse tão ansiado e tão merecido por seus compatriotas.

Para tal, o mais importante agora é o cidadão brasileiro, munido de sua consciência política e visando não deixar que cometam os erros do passado, eleger de maneira concisa seus representantes políticos.

 

 

 

 

57
26

Escrever artigo sobre este tema

O The Global P. é uma plataforma aberta de debate. Os textos nele postados não refletem a opinião do site. Você tem uma opinião diferente da desse autor? Escreva o seu próprio artigo! Clique aqui e saiba mais.