João Doria Júnior, 52º Prefeito de São Paulo, começou seu mandato com diversas polêmicas. Uma delas, é o Programa Cidade Linda que está causando um grande alvoroço nas redes sociais.
Doria está sendo acusado de “limpar” Graffitis e pichações de grandes avenidas e centros urbanos da grande São Paulo.

No Facebook, chovem ofensas e publicações tendenciosas sobre o Prefeito. O discurso contra Dória está se tornando mais uma dor de cotovelo de “meu candidato não venceu” do que de críticas realmente embasadas.

Não faz nem um mês que Dória assumiu. As pessoas devem ter um posicionamento diferente sobre o mandato de qualquer político. Ficar caçando cada movimento dele em busca de algum ponto para supor futuras derrotas como representante, não só é errado como também é antiético. Os usuários das redes sociais (principalmente Facebook) têm que lembrar que estamos falando de uma cidade. Não um jogo de futebol!



Estamos lidando com o futuro da grande São Paulo. Não importa se o candidato “x” não venceu. O que deve ser feito é a cobrança e fiscalização do candidato elegido. O bem estar da cidade vale muito mais do que ideologias extremistas, não é mesmo? 

Fernando Haddad apagou os Graffitis do minhocão, com a tão temida tinta cinza de Dória. E esse ato foi “colocado na conta” de João Dória.

A Avenida 23 de Maio também teve alguns Graffitis apagados (estavam em péssimo estado de conservação), e isso também gerou a revolta nas redes.

Segundo a nova administração, os painéis de grafite pintados em 2015 na 23 de Maio que estavam pichados foram retirados. O prefeito João Dória anunciou que a avenida terá oito espaços para os grafiteiros.

Até o fim deste mês, a Prefeitura vai escolher uma via da cidade para a realização do festival de grafite. Outras ruas também estão sendo analisadas. Na sequência, serão abertas inscrições para artistas.

Ou seja, Dória não está sendo o “bicho papão” que os sites e blogs de extrema-esquerda andam falando. Os que o elegeram devem cobrar suas promessas de campanha, e os que não elegeram devem fazer o mesmo.

5
0

Escrever artigo sobre este tema

O The Global P. é uma plataforma aberta de debate. Os textos nele postados não refletem a opinião do site. Você tem uma opinião diferente da desse autor? Escreva o seu próprio artigo! Clique aqui e saiba mais.